Vem mover+ Regista-te!

saber+

partilhar
Saúde

Esperança para os homens que desejam ter um filho

Por Joana Pinheiro - Nutricionista, publicado em 22 Fevereiro, 2012
POPULARIDADE

Hoje em dia existem várias formas de potenciar o máximo de qualidade do esperma.


A nível nutricional é possível interferir:
- na motilidade do esperma;
- na densidade do esperma;
- na morfologia normal dos espermatozóides;
- nas perturbações da função reprodutiva na espermatogénese;
- na flexibilidade da membrana dos espermatozóides;
- no fornecimento de energia às mitocôndrias dos espermatozóides;
- na membrana celular dos espermatozóides contra o stress oxidativo.

Para isso, é necessário analisar os hábitos alimentares do indivíduo, para fornecer os nutrientes necessários, nas quantidades adequadas. Os nutrientes mais utilizados para potenciar a fertilidade são a vitamina C, Vitamina E, selénio, zinco, carotenóides, ácidos gordos ómega-3, vitamina B6, vitamina B12, ... Mediante os défices existentes, aconselha-se as medidas mais indicadas para atenuar a situação, sem recurso a substâncias com propriedades farmacológicas. Aconselha-se os homens a experimentar as medidas mais simples antes de se submeterem a intervenções mais complicadas.
Muitas vezes, é necessário proceder a mudanças de estilo de vida e inclusive encontrar formas de diminuir o stress e ansiedade.
 


Joana Pinheiro - Nutricionista

Licenciada em Ciências da Nutrição (FCNAUP), possui várias especializações na área de Nutrição e Saúde. Gere o blog Nutri Super Health.


nutrisuperhealth@gmail.com

ver mais


VOTA

Deves fazer o login para comentar.
COMENTÁRIOS (0)
PUB

SABER+Qualidade de Vida

Combate o Stress. Está provado que o Stress provoca problemas no sistema imunitário, hipertensão e aumenta os problemas de alegria. Relaxa. Nem que seja por apenas dez minutos tira um tempo para ti.

outros artigos

especialistas

Desafio saudável

3567 participantes

0 Kg perdidos

0 cm perdidos

12 291 Km percorridos

uma iniciativa
parceiros
O Mover+ não substitui o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.
0.0278